GMT |

Conselho sobre o Evento Principal WSOP: realizá-lo no meio do cronograma

Posted by Alex Rousso, July 17, 2014

Qualquer um que tenha estado no World Series of Poker* e jogou até o fim sabe que pode sair de lá com um suspiro. A sala Pavilion no Rio All Suite Hotel & Casino em Las Vegas, Nevada - o coração do World Series, onde a maioria dos jogadores começam cada jornada do torneio - é um espectáculo deprimente no Dia 4 do Evento Principal.

Evento Principal WSOP

No auge da WSOP*, o Rio tem três grandes salas cheias com até 4.000 jogadores nas mesas a qualquer momento. Os corredores ficam cheios de estórias de bad beats, as filas para os banheiros chegam até a porta na hora do intervalo e os anúncios para os jogos a dinheiro são constantes. Você sentirá que está na capital do mundo do poker.

No último dia da série, que determina os nove jogadores que sentarão na mesa final do Evento Principal do WSOP, as salas Pavilion e Brasilia ficam vazias e as últimas poucas mesas do Evento Principal são jogadas na sala Amazon quase vazia. Em todas as salas, apenas uma semana antes, havia barulho das fichas. Porém o barulho que se escuta no Dia 7 do Evento Principal parece o barulho de um grilo solitário.

Como pode ser que a final do maior festival de poker do mundo seja tão melancólica? A resposta simples é que até o fim do Dia 6, todos menos os últimos 27 jogadores já sairam do torneio. Após deixar o torneio, eles não tem nenhum motivo para ficar. Nesse ponto, há mais meios de comunicação e encontros entre os jogadores.

 

Há um elemento psicológico significativo que explica isto. Enquanto outros torneios ainda estão em andamento, o sonho ainda segue vivo para os jogadores. Se houvesse outros eventos WSOP em andamento após o Evento Principal e oportunidades de ganhar um bracelete, os jogadores continuariam a jogar. Pelo facto de os jogadores terem ficado fora do último evento, eles querem sair de Las Vegas.

Como um desporto espectador, o poker pode ser considerado pelas actualizações na Internet. Na verdade, ver um torneio de poker como um espectador para acompanhar a acção é o pior que pode acontecer a um espectador de desporto pois no poker não há valorização da habilidade dos jogadores, porque é como jogar moedas. Toda habilidade envolvida encontra-se nas cabeças dos jogadores.

 

No entanto, houveram alguns jogos lendários na mesa final do WSOP. Muitas vezes têm um jogador profissional de alto perfil cercado de um grupo de seus amigos depravados que cantam como uma torcida de futebol, possivelmente com copos de cerveja fora de seus sapatos (as chamadas "sapatos bombas").

Isso ocorre porque o poker é algo comunitário pelo facto de ser jogado pelas mesmas pessoas nas mesas ou por ter alguém que reclame de uma bad beat ou um jogo ruim, o coração de poker é formado por várias pessoas que estão no mesmo barco. Isso é o que torna o WSOP tão especial. Basicamente todos que jogam poker estão juntos num grande barco.

Esta é mais uma razão pela qual é uma pena que o ponto culminante do calendário do WSOP não seja tão emocionante. Este ano no World Series testemunhei de como deveria ser o final do Evento Principal WSOP. Foi a primeira vez que vi a fase ESPN, denominada "Mothership", cheia de espectadores no meio da série: a mesa final do Big One for One Drop.

Claro, esse evento teve razão válida para reunir os espectadores. Foi apenas a segunda vez que este evento ocorreu e apenas a segunda vez que foi jogado um torneio com buy-in de um milhão de dólares. E com 42 participantes, o vencedor poderia ganhar mais de 15 milhões de dólares. A sala estava cheia de jogadores famosos: Ivey, Negreanu, Esfandiari, Galfond, Haxton entre outros.

O evento principal do WSOP é alterado

Especialmente no fim do torneio, senti que assim deveria ser o ponto culminante do WSOP. O clima na sala Amazon era de muita alegria quando apresentaram os nove finalistas. Parecia que esta era a atracção principal.

Por que sinto-me tão diferente no fim do Evento Principal? Simplesmente pelo facto de que mais pessoas estavam lá. Meu conselho para o Evento Principal do WSOP no momento de determinar as datas é o seguinte: por que não realizá-lo no meio da série para aumentar sua emoção? O Evento Principal é no fim da série pela simples razão de ser o evento tradicional que põe fim à série e entrega o prémio final. Isto pode fazer sentido em outros jogos, mas não estou convencido que faz sentido no jogo de poker.

Caesars resolveu o problema ao atrasar a mesa final do Evento Principal por aproximadamente quatro meses. O chamado "November Nine" foi uma óptima idéia ao transformar a mesa final do Evento Principal num grande acordo de patrocínio. Foi também uma maneira inteligente de chamar a atenção da mídia para os jogadores em sua maioria desconhecidos que chegaram à mesa final.

O November Nine também assegurou que havia uma grande multidão de espectadores para o maior evento do poker: a mesa final do Evento Principal do WSOP. Com um grande prémio garantido para cada um dos nove finalistas, eles podiam voltar à Vegas com amigos e familiares para vivenciar um momento tão esperado. Nesse sentido, foi resolvido o problema do ponto culminante do Evento Principal ao jogar numa sala vazia. Há definitivamente um benefício para as câmeras de TV quando são escutadas vozes ao fundo num cenário ao vivo.

 

Mas o patrocínio de poker não é o que costumava ser. E tendo visto meia dúzia de grupos do November Nine que vêm e vão, no qual apenas Mark Newhouse conseguiu repetir seu feito por dois anos consecutivos, ele parece ser agora um pouco como um circo da mídia. As pessoas estão a começar a ver o que realmente é. As histórias de interesse humano: "Ele é de Belize", "Este é um motorista de caminhão" atraem a cada ano que passa: "Este é um sortudo", "Este não joga muito bem".

Se mudarmos as datas do Evento Principal do WSOP para o meio da série, muitos destes problemas seriam resolvidos. Em primeiro lugar, ainda poderíamos ter um intervalo entre a mesa final e o jogo, uma semana mais ou menos seria suficiente. Mas, como o resto do calendário WSOP seguiria a ter andamento ao mesmo tempo, o burburinho em torno do Evento Principal seria maior.

Por exemplo, o Evento Principal poderia começar no fim da semana 2, ser jogado durante 10 dias, ter um intervalo de 7 dias e assim a mesa final seria na semana 5 da programação.

Em segundo lugar, os milhares de jogadores extras que chegam apenas para jogar no Evento Principal poderiam jogar em outros eventos e jogos a dinheiro, geralmente, contribuem ao ambiente do local.

Evento WSOP: sala de poker com muitas mesas cheias de jogadores

Em terceiro lugar, os últimos dias do evento teriam centenas de pessoas que não deveriam viajar especialmente para Vegas. Haveria muitos jogadores e fãs de poker que já estariam em Vegas de qualquer maneira para a série. O Evento Principal seria considerado realmente como um evento principal.

Em quarto lugar, as tentativas deliberadas por parte da imprensa de poker para animar os jogadores não seriam tão grandes. Teríamos uma semana ou mais para saber quem são esses jogadores, sonhar os seus sonhos de forma indirecta e seguir em frente. O próprio facto de que a mesa final seja jogada durante a série seria toda a publicidade necessária. Mais do que isso, se a mesa final já tem o enorme impulso de um jogador com o perfil de Phil Ivey, a sala estaria lotada de jogadores.

A maioria dos outros festivais são realizados de forma que o último dia do evento principal seja o último dia do festival, mas outros eventos decorrem simultaneamente durante o evento para que os jogadores que tenham ficado fora possam jogar em outros eventos. E como disse, já vimos um exemplo de como um grande evento funciona quando decorre no meio da série, como no caso do Big One for One Drop.

 

Não quero argumentar que a One Drop roubou o destaque do Evento Principal. Sim, como um evento menor com um grande buy in, tem a garantia virtual de um nome importante estar na disputa por um grande prémio durante praticamente todo o torneio, algo que o Evento Principal raramente proporciona.

Mas a reação geral ao One Drop é que ele é mais um exercício de relações públicas para o poker ao invés de um torneio que deve ser levado a sério. A maioria dos profissionais que jogam estão apenas entre 10% -30% de si mesmos. Ouvi dizer que no Twitter é denominado de "sit and go de 42 jogadores" e desdenhosamente como meramente "um evento de caridade".

Por outro lado, o Evento Principal é o que importa. É um torneio que atrai estrelas de cinema que estão interessados no poker. É o evento que quase todos os jogadores de poker que podem pagar, não perderão esta oportunidade. É o sonho também dos jogadores mais cínicos.

Estou a argumentar que o destaque do WSOP One Drop poderia ser combinado com o toque de classe do Evento Principal ao colocar este último mais cedo no cronograma.

Também poderia ser financeiramente melhor para a comunidade de poker. Quanto dos ganhos de Ryan Riess se perderiam no resto da série se tivesse que concretizar a sua proposta depois de vencer o Evento Principal do ano passado no qual ele era o "melhor do mundo"? Da mesma forma, todos os jogadores que ganharam prémios em dinheiro, superiores a 100.000$, seguiriam na série ao jogar nos últimos eventos para manter-se na competição. Esses eventos finais da série seriam um massacre.

Mesa final de dez jogadores no Evento Principal de 2010

Conheço os argumentos a favor do November Nine. O mercado de apostas nele é enorme e que só pode ser beneficiado por um intervalo de quatro meses. Este intervalo também é o suficiente para imprimir revistas, já que os resultados do torneio podem mudar antes da revista ser impressa. E, claro, proporciona à máquina da mídia de poker todo o tempo que precisa para obter o Santo Graal, a cobertura na mídia em geral.

Então, não acho que o November Nine voltará em breve e acho que meus outros argumentos ainda são relevantes. Devemos adiantar o resto do Evento Principal no cronograma. Se todo o evento, excepto a mesa final, decorrer no meio da série, o WSOP será muito beneficiado como um todo.

*World Series of Poker e WSOP são marcas registradas da Caesars Interactive Entertainment, Inc. ou de suas afiliadas (coletivamente Caesars). A CIE não patrocina ou endossa, nem está associada ou afiliada com o Titan Poker ou seus produtos, serviços, promoções ou torneios. Qualquer promoção ou torneio neste site não vai garantir o seu lugar ou possibilidade de registar num evento WSOP ou qualquer evento WSOP filiados que é a exclusivo critério do Caesars.

 


Alex RoussoAlex Rousso é um importador de alimentos, jornalista, jogador de poker e treinador com um PhD em memética - o estudo da evolução cultural. Ele tem escrito extensivamente sobre psicologia e risco na vida cotidiana, sobre temas como gestão financeira de risco, teoria dos jogos, análise estatística, disciplina emocional e psicologia do risco. Ele é um especialista em Omaha/Omaha-8 e colunista para o Bluff Europa e Titan Poker.


 

Outros artigos:  

benefícios do Titan Poker
Receba incríveis benefícios ao registar-se

Moses
Poker e a bíblia

texas hold'em


Guia do Texas Hold'em Poker

poker melhor que sexo


Por que poker é melhor que sexo

 

Artigos anteriores de Alex Rousso:

A matriz de decisão de poker

 

O que acha da reprogramação do Evento Principal WSOP?

Escreva abaixo seus comentários!

Dear visitors,

Titan Poker does not accept players from your region.

Please contact our customer service team at support [at] titanpoker [dot] com for more information.

Best regards,

Titan Poker