GMT |

Como aproveitar ao máximo suas viagens de poker

Faraz Jaka é conhecido em todo o mundo do poker pelo seu talento. Ele ganhou torneios, chegou a inúmeras mesas finais em torneios como o WPT e EPT, ganhou mais de 4.500.000$ em torneios ao vivo e adicionou outros milhões através do poker online.

Ele também é um viajante do mundo.

Faraz Jaka

Embora ele não seja muito diferente de alguns outros jogadores, Jaka fez algo diferente. Ele adotou a arte da viagem e abriu mão da maior parte de suas posses materiais, com exceção de duas malas.

Quando a CNN tomou conhecimento, anunciou Jaka como um "milionário sem casa."

Jaka começou a viajar durante seus estudos na Universidade de Illinois na Urbana-Champaign. Ele contou essa conversa do dormitório Weston Hall:

Faraz: Olá Ben (parceiro de poker e bom amigo da faculdade), vamos para Vegas!

Ben: Claro, eu não posso esperar mais. Deveríamos definitivamente planejar uma viagem para lá.

Faraz: Não, eu quis dizer AGORA. Vamos para Vegas!

Ben: O que?! Você enlouqueceu? O que você quer dizer?

Faraz: Sim, talvez, mas de qualquer forma, há vôos directos por 350$ que saem do aeroporto O'Hare às 8:00, são três horas de viagem e teremos que sair em duas horas.

Ben: Como chegaremos ao aeroporto?

Faraz: Já falei com G. Ele disse que fará a viagem de ida e volta até lá por 60$.

Ben: E o que faço com esse trabalho de Espanhol que tenho que entregar amanhã e ir na aula?

Faraz: Nós podemos faltar duas vezes a aula e G é porto riquenho. Ele pode nos ajudar a terminar o trabalho nas três horas de viagem de carro.

Ben: Tudo bem! Dane-se, vamos!

No final, os dois amigos levaram 3.000$ cada um para Las Vegas e quadruplicaram o dinheiro. "Joguei e venci o Sammy Farha em algumas mãos," ele falou. "Eu voltei para a faculdade me sentindo o melhor do mundo." Voltamos no fim de semana seguinte e assim nasceu um jogador de poker ao vivo.

Para aqueles assumindo que Jaka veio de uma família que viajava feliz, era na verdade o oposto. Jaka cresceu em San Jose e ele tinha "absolutamente nenhum desejo de viver em qualquer lugar que não fosse a Califórnia." Mas sua mudança para Illinois para a faculdade deu-lhe o choque cultural que mudou tudo. Isso o fez curioso sobre outras partes do país e do mundo. "Isso provocou a curiosidade que me transformou no que sou agora," disse.

Sem uma casa, Jaka é livre para viajar ao redor do mundo. Esses passeios são baseados principalmente em torneios, mas também programados para realizar reuniões, e aniversários dos amigos, dos membros da família e outras comemorações. Mas isso não impede de ter um planejamento organizado. "Eu sou incrivelmente organizado, até mesmo com TOC (transtorno obsessivo-compulsivo) às vezes. Eu tenho uma agenda de viagens com meus planos que vão de três a seis meses de antecedência."

Tantas opções para torneios leva a mais decisões sobre o planejamento de viagens de Jaka. O factor crucial, no entanto, é a potencial rentabilidade do torneio, porque "Eu estou indo aos torneios por trabalho, então eu preciso priorizar isso em primeiro lugar. "Mas a localização, por vezes, desempenha o seu papel. "Eu tenho fases que sinto que ganhei férias, então eu vou escolher um local que eu quero conhecer, jogar o evento e ficar uma semana depois e viajar nas proximidades," ; ele adicionou.

 

Eventualmente, neste ponto de sua vida, Jaka pode se estabelecer em um ou dois lugares e ainda viajar 30% ou 40% do ano. Seus pais gostariam que ele tivesse uma casa também. Mas mesmo um relacionamento com a pessoa certa não vai segurá-lo e ele sente fortemente que encontrar o companheiro certo inclui uma comunicação sólida e estilos de vida complementares.

No momento, Jaka e suas duas malas estão em constante trânsito. E ele está muito feliz com isso.

Antes de viajar para jogar poker, melhore suas habilidades ao jogar online. Veja aqui os motivos para jogar connosco.

Dois outros grande jogadores de poker têm histórias que ilustram a natureza global do poker, inspirada no "boom" de 2003 que proporcionou a oportunidade e desejo de viajar à muitos jogadores.

Andrew LichtenbergerAndrew Lichtenberger e Shannon Shorr ganharam milhões de dólares em torneios ao vivo, depois de se apaixonarem pelo jogo de poker online. Cada um acumulou mais do que a sua quota de milhas de passageiro frequente, memorizaram as taxas de câmbio e aprenderam a preparar uma bagagem de mão melhor do que os funcionários da TSA.

Da mesma maneira que Jaka, cada um teve sua primeira viagem de poker no final da adolencência e essas viagens estabeleceram um curso imprevisível para suas vidas.

Lichtenberger era um grande fã de poker em sua adolescência e seu pai lhe deu de presente uma viagem de sua casa Long Island para Turning Stone Casino em Nova York para comemorar seu aniversário de 18 anos. É permitido jogar poker ao vivo lá na idade de 18 anos.

Shorr já estava a ganhar respeito nas mesas de poker online e tinha jogado em um dos sites mais populares em 2005. Como a chegada do Aussie Millions (que era Crown Australia Poker Championships no momento), ele ganhou um satélite para uma viagem para a série de 2006 e um lugar para o evento principal de buy-in de AU$10,000. Com 19 anos, ele estava num avião para Melbourne e ele ganhou o quarto lugar no torneio com prémio de AU$271,700.

Ao contrário dos planos futuros de Jaka, Lichtenberger diminuiu as viagens no ano passado depois de um aumento nas viagens depois do Black Friday, o que dimunuiu a sua capacidade de jogar poker online na sua casa nos Estados Unidos.

Um dos motivos para o seu intervalo nas viagens foi o trabalho de escrever e concluir um livro recém-publicado: "Yoga of Poker: A High Stakes Journey to Freedom." Isso foi o resultado de recentes mudanças de vida, incluindo um estilo de vida extremamente saudável, que inclui yoga, bem como uma dieta de alimentos crus e auto-reflexão. Em combinação com simplesmente expandir seus horizontes, Lichtenberger explicou, "eu cortei minhas viagens para me dedicar a outras áreas da vida e expor-me a novas indústrias e perspectivas, a fim de ter uma melhor compreensão do que a realidade e a consciência são, bem como a forma como as sociedades e as comunidades são desenvolvidas e mantidas."

Mesmo assim, ele se descreve como espontâneo por natureza e decide participar de um torneio de poker em qualquer lugar do mundo de repente. E para alguns eventos especiais, ele planeja um pouco de antecedência. Ele já agendou uma viagem para Outubro de 2015 para Goa, Índia, durante a qual ele vai ajudar um amigo a organizar torneios para uma parada em sua "Yoga of Poker Series."

O futuro faz parte do desconhecido para Lichtenberger, mas ele está satisfeito com essa noção. "Embora eu aprecie a simplicidade na vida, sinto-me obrigado a compartilhar o poker com outras culturas, onde a indústria está apenas emergindo e criando uma plataforma agradável, divertida e segura para as pessoas experimentarem o jogo. Isso para mim tem sido um recurso inestimável para a introspecção e auto-eficácia."

Shorr tem também diminuiu a viagem de poker mais tarde, mas com um motivo diferente de Lichtenberger. Ele agora está num relacionamento sério com a namorada Justine. Assim, Shorr pode estar a procurar viagens a lazer ao invés de poker.

A frase "diminuir" é relativa. Nos últimos anos, ele observou que ele passou de três anos e meio a quatro meses em sua cidade natal, Birmingham, Alabama, enquanto ele viajava a maior parte do tempo. E isso não foi em vão, Shorr conquistou uma vitória no EPT Barcelona no ano passado e chegou na mesa final de um evento na recente série de Malta. Era claro que esses dois destinos se encaixam numa categoria especial para ele. "Um torneio é um 'must play' para mim se ele está numa localização fantástica e eu espero ter um alto retorno para não tenho que pagar as despesas exorbitantes para chegar lá."

Às vezes, seus sucessos no poker permitem que o jovem profissional chegue em algum lugar num evento especial. No ano passado, foram as festividades do Campeonato Mundial no Brasil, que fizeram ele fazer uma pausa do World Series of Poker em Las Vegas e embarcar numa jornada para o topo do Monte Kilimanjaro na Tanzânia, no final do ano.


Parece que as viagens de lazer estão a afetar a vida de viagens de Shorr. E a mudança é bem-vinda, como ele disse: "Passei todos os meus vinte e poucos anos na estrada, por isso vai ser difícil para mim apenas interromper e me comprometer a um lugar. Mas eu fui a tantos torneios tantas vezes, que não há muitas coisas novas e diferentes para ver."

Mas o próximo torneio de poker que for anunciado numa nova localização, repleta de actividades turísticas e um ambiente romântico para Shorr e sua namorada pode ser uma combinação perfeita.

 

Todos os três jogadores profissionais estavam dispostos a partilhar os seus aspectos favoritos sobre viajar para jogar poker, bem como alguns conselhos para os companheiros de viagem para ajudar a minimizar as despesas.

Jaka, Lichtenberger e Shorr sentiram que suas viagens os colocaram em contacto com outras culturas e permitiram a construção de relacionamentos com pessoas de todo o mundo, algo que poucos outros trabalhos poderiam proporcionar. Cada um deles tem um conjunto de experiências em seu repertório que eles nunca vão esquecer.

Lichtenberger observou, "Isso me mostrou que o poker é um jogo verdadeiramente internacional que pode reunir as pessoas de todas as origens para celebrar a matemática e a razão que o poker implica na sua sabedoria intemporal". Jaka acrescentou que existem "centenas de torneios e jogos a dinheiro pelo mundo e você pode escolher qualquer localização", bem como o benefício do seu estilo de vida e carreira escolhidos, pois permitem escolher as horas e dias que quer trabalhar.

Quanto às partes negativas, Shorr foi rápido ao apontar o isolamento e solidão. "Apesar da capacidade de fazer toneladas de novos amigos e sair com eles em lugares muito legais, essas relações são muitas vezes fugazes, pois as pessoas seguem caminhos separados."

Jaka e Lichtenberger focaram-se mais sobre as dificuldades de manter uma rotina saudável quando se viaja. Lichtenberger observou "encontrar boa comida orgânica limpa e permanecer alimentado ao estar num novo lugar" é o seu maior desafio e Jaka discutiu toda a rotina de exercícios e alimentação. " É difícil se exercitar, comer saudável e ser produtivo. Há certas coisas que você aprende com o tempo, mas não é exatamente o mesmo como ser de um só lugar e aperfeiçoar essa rotina."

Para aqueles que pensam em seguir os passos destes jovens multimilionários, há mais a considerar quando se viaja, além de não roubar as toalhas ou ter medo de pedir informações.

 

Viagem de poker

 

  1. Reservar vôos antes do tempo e considerar vôos com taxas não reembolsáveis em companhias aéreas menores.
  2. Se hospedar no apartamento de amigos, dividir alojamento com amigos ou utilizar o Airbnb.
  3. Fazer compras de comida em vez de comer em restaurante.
  4. Viajar com produtos como pacotes de vitaminas de proteína. (Jaka recomenda Shakeology.)
  5. Viajar com bagagem de mão para evitar taxas extras por bagagem, check-ins da bagagem e reclamações por extravio.
  6. Gastar mais com alimentação saudável em vez de acomodações elegantes (recomendado por Lichtenberger, pois você precisa de concentração durante o jogo de poker.)
  7. Controlar as despesas e classificá-las. (Jaka sugere revisar o sempre onde poupar dinheiro nas futuras viagens.)

*Nota do autor: Com minhas poucas viagens, eu aprendi algumas coisas também. Sempre ter um mapa acessível. Coletar informações de destino antes da viagem e ter acessível via guias ou marcar as informações num smartphone. Minimize a quantidade de acessórios e gadgets. Coloque o que puder dentro de uma mochila. Verifique as taxas de câmbio antes da viagem para avaliar o melhor método e lugar para obter a moeda local. E traga um diário ou câmera fotográfica para registrar suas aventuras!

Antes de viajar para jogar poker, melhore suas habilidades ao jogar online. Veja aqui os motivos para jogar connosco.

Alguns jogadores de poker têm escolhido circuitos de poker regionais em vez de circuitos internacionais. Assim eles podem ficar mais perto de casa e ter menos despesas. Para DJ MacKinnon, estas razões são pertinentes.

McKinnon começou a viajar de sua casa em Buffalo, Nova Iorque, para casinos de poker ao vivo logo que ele pode jogar de forma legal. Havia o casino Turning Stone em Verona quando ele completou 18 anos de idade, e, em seguida, o casino em Cataratas do Niágara tornou-se uma opção quando completou 19 anos. Poker ao vivo sempre foi o seu forte, então morar na costa leste dos Estados Unidos tornou possível jogar de forma justa regularmente, especialmente depois que completou 21 anos.

Desde que tornou-se um jogador profissional de poker, McKinnon viajou para diversos torneios por ano até hoje, que ele descreve sentir-se que "agora estou constantemente na estrada à procura de torneios para viajar". Ele acrescentou: "apenas jogar a dinheiro na região do Buffalo/Niagara Falls não era atractivo para mim. Eu poderia ir para novos lugares e jogar em torneios, e, em seguida, encontrar a mesma (ou melhor) acção a dinheiro após terminar o meu dia no torneio".

A disponibilidade de paradas em toda a América pelo Circuito do World Series of Poker é algo que McKinnon chama de "a melhor vantagem no poker". Embora ele ocasionalmente jogue no World Poker Tour ou Heartland Poker Tour, ele diz que o Circuito WSOP oferece mais acção na preliminar do torneio e mais jogadores casuais frequentam estes eventos.

Com isso, McKinnon conquistou sua parte nas mesas finais dos eventos do Circuito WSOP e ganhou um anel de ouro WSOP na sua parada no Harrah's Chester na Pensilvânia em 2013. Seu maior ganho até o momento é de mais de 90.000$ também no WSOP, embora fosse num palco maior: o evento 2011 $1K NLHE no WSOP em Las Vegas, no qual ele terminou em sétimo lugar na mesa final.

Uma das grandes vantagens de viajar para jogar poker é conhecer novas pessoas ao longo do caminho. "Fiz muitas grandes amizades ao viajar com pessoas e jogar o jogo em diferentes locais", disse ele. "Jogar poker é muito mais fácil quando pode sair com alguns amigos no fim de um longo dia".

Ele também usa o tempo em novas cidades para explorar e encontrar eventos desportivos para participar. Com algum planejamento, ele pode coordenar um dia da série de torneios com um grande evento desportivo e incorporar esta experiência à sua viagem.

Também há contras numa vida na estrada e MacKinnon está bem ciente deles. "Venho de uma família grande", diz ele. "Não passar muito tempo com meus pais e meus nove irmãos e irmãs é egoísmo, mas quero dedicar-me ao poker. Eu dedico o máximo que posso no curto prazo para poder alcançar o que quero no longo prazo e felizmente eles entendem isto".

MacKinnon fica fora de casa por aproximadamente três semanas todo mês, mas ele divide uma casa em Buffalo com dois de seus irmãos quando está em casa.

Fora de casa, os companheiros de quarto são fundamentais. "Costumo dividir um quarto com alguém durante uma série inteira", explicou. "Fiz amigos de todos os lugares que sentiam-se tranquilos comigo como companheiro de quarto".

Ele também minimiza as despesas durante a viagem, levando coisas como garrafas de água e lanches. Para a viagem deste ano para o PCA em Bahamas, ele foi informado por muitas pessoas sobre os altos preços da comida e bebida no resort. Então, ele levou garrafas de água e bebidas energéticas. Infelizmente, esse plano deu errado. "Uma lata de Red Bull abriu na minha bagagem o que fez com que sentisse-se cheiro ruim a maior parte do tempo que estava em Atlantis".

Quanto ao futuro, MacKinnon vai levá-lo de forma natural. Ele parece querer estabelecer-se na Flórida ou em Las Vegas para ter acesso mais fácil aos torneios de poker, mas ele antecipa que continuará a querer viajar.

Antes de viajar para jogar poker, melhore suas habilidades ao jogar online. Veja aqui os motivos para jogar connosco.

Não toda excursão de poker acontece em terra. Cruzeiros de poker têm feito parte do jogo de poker por mais de doze anos e eles continuam a ganhar popularidade já que os jogadores procuram coinciliar inesquecíveis experiências de viagem com suas paixões pelo poker.

Nota do autor: poker em cruzeiros é tão popular que a escritora do Davida Mintz do Titanbet Poker escreveu apenas sobre cruzeiros de poker no início deste ano.

Os cruzeiros de poker remontam ao início dos anos 1990, embora os primeiros grandes eventos fizeram parte da série PartyPoker Million a partir de 2002. Além de ter sido o primeiro torneio a ser realizado no mar, ele fez história quando Kathy Liebert tornou-se a primeira mulher a ganhar 1.000.000$ num torneio de poker. O World Poker Tour sediou inúmeros torneios em cruzeiros que ainda estão a acontecer hoje em dia. A Heartland Poker Tour formou uma parceria recentemente com Card Player Cruises para sediar um torneio anual a bordo de um navio de cruzeiro.


A falar de Card Player Cruises, a empresa tornou-se a mais famosa que reúne o jogo de poker com uma viagem num cruzeiro, tudo nas mãos de profissionais de poker de longa data, Linda Johnson e Jan Fisher. Quando Johnson comprou a Card Player Magazine em 1993, o negócio de cruzeiro foi uma grande parte da decisão. Ela esteve num cruzeiro Card Player para o México no ano anterior e não quis nunca mais perder outro.

Desde então, Johnson esteve em mais de 130 cruzeiros de poker. Ela e Fisher, amigas de longa data e parceiras de negócios, tornaram a empresa reconhecida e respeitada por seus clientes, realizaram passeios pitorescos para alguns dos destinos mais cobiçados do mundo e uma equipa de funcionários e jogadores que elogiam a diversão em blogs e críticas.

Jogar poker num cruzeiro é uma experiência única e Johnson e Fisher descrevem um típico cruzeiro de sete dias como uma mistura sólida de poker e passeios turísticos. Há três ou quatro paradas por viagem, mas o resto do tempo os jogos a dinheiro estão abertos para negócios com tudo desde 1$/3$ e 2$/5$ No Limit Hold'em a diferentes stakes Limit Hold'em e até mesmo alguns 10$/20$ ou 20$/40$ Omaha. Os jogos muitas vezes dependem das preferências dos clientes e os jogadores de torneios geralmente têm uma opção diária com um buy-in entre 100$ e 300$, além de eventos noturnos.

Além disto, há seminários gratuitos e festas para os clientes de Card Player Cruises. E Johnson é talvez a pessoa mais orgulhosa dos eventos, especialmente dos eventos de poker. "A nossa sala de poker tem um ambiente amigável, já que nossos jogadores estão lá para ter uma boa experiência de jogo, bem como para ganhar dinheiro. E a equipa é incrível! Além de terem habilidades no trabalho, eles também são simpáticos e acolhedores".

viagem num cruzeiro de poker

Quando perguntada sobre seu cruzeiro favorito, Fisher admitiu que é difícil decidir, mas disse que adorou a viagem para a Austrália e Nova Zelândia, bem como os cruzeiros para a Ásia e um para Dubai, Omã e Índia. Ela também gosta de cruzeiros no Alasca e está ansiosa para a próxima viagem a decorrer no próximo Novembro para a Indonésia, Malásia e Singapura.

Johnson concordou com a escolha de Dubai/Índia/Omã como favorita. "Fui sem expectativa nenhuma, mas as pessoas, suas atitudes e sorrisos me conquistaram apesar de tanta pobreza". Ela também gosta de outros destinos. "Amo o Caribe pelas praias, o México para festas e o Alasca pela paisagem".

Ambas as mulheres têm o foco no atendimento ao cliente durante os cruzeiros, mas também desfrutem de seu tempo. E a sua maior recompensa, além de suas próprias experiências, são as perguntas de clientes sobre o próximo cruzeiro e os comentários sobre a quão divertida foram suas experiências com as fichas de poker nas suas mãos e nas mesas.

Johnson e Fisher encorajam todos a viajar num cruzeiro. As pessoas com crianças vão descobrir que existem inúmeras actividades para crianças a bordo e os pais podem enquanto isso relaxar e desfrutar do jogo de poker sem preocupação.

Na programação do Card Player Cruises está um cruzeiro de poker May Alaska Sawyer Glacier, uma excursão pelo Caribe ocidental em coordenação com o Senior Poker Tour em Agosto e uma viagem para o Caribe oriental em Setembro com o Card Player Poker Tour. O cruzeiro Indonésia/Malásia acima mencionado também está programado para Novembro.

*****

Mais um aspecto da viagem de poker que é muitas vezes ignorado, embora os jogadores de alguns países estejam muito familiarizados com ela. Ela envolve a deslocalização de jogadores de poker online pelo facto da sua incapacidade de jogar em jogos rentáveis devido à nova regulamentação.

A primeira e mais conhecida destas situações é comumente referida como Black Friday, quando o último dos grandes sites de poker online saiu do mercado dos Estados Unidos. Outros países também começaram a implementar regulações de poker online isolacionistas nos últimos anos, com a França, Espanha e Itália a liderar este caminho. Mais países estão a contemplar os mesmos tipos de leis.

Isto coloca os jogadores de poker online num dilema, especialmente aqueles que usam o jogo para ganhar a vida. A falta de resultados de liquidez nos jogos menores, stakes mais baixas e menos oportunidades de ganhar muito dinheiro.

Jogadores como Elena Stover tomaram medidas para resolver este problema. Após a conclusão de seu doutorado em Psicologia pela Universidade da Califórnia, em 2009, ela levou o poker mais a sério, mas ainda manteve uma posição no mundo acadêmico devido ao Black Friday. Mas foi após o WSOP no verão de 2014 em Las Vegas que ela decidiu que queria uma mudança mais permanente. As curtas viagens de poker a Montreal para jogar online já não eram suficientes e ela decidiu estabelecer-se no México.

Elena Stover

A mudança para Playa del Carmen era algo que já tinha sido feita por muitos outros jogadores de poker e Stover desfrutou de um estilo de vida de praia pois morava há poucos quarteirões da areia e do mar e podia jogar poker no seu terraço privado no último andar. Ela chamou isto de uma "experiência incrivelmente positiva" que incluiu a transformação do poker online numa rotina de trabalho e encontros com alguns jogadores de poker, locais e expatriados de todo o mundo.

Sua localização, no México, ao sul de Cancun, também permitiu frequentes viagens para os Estados Unidos para visitar a família, amigos e seu gato.

Mas o início de 2015 trouxe o desejo de outra mudança. Ela considerou vários locais e analisou as opções para cada um deles: Malta, Vancouver, Tel Aviv e outro período no México. Ela descobriu que Malta era um dos lugares mais baratos e oferecia mais benefícios, incluindo o enorme festival de poker realizado lá no mês passado.

Então ela se mudou para um apartamento com vista para Spinola Bay em St. Julians onde há muitos restaurantes, lojas e um casino com uma sala de poker.

"Os moradores locais foram todos extremamente acolhedores e hospitaleiros", disse Stover. "Conheci mais pessoas enquanto jogava poker no casino e eles foram muito simpáticos e solidários". Ela também mencionou que o inglês é uma língua oficial lá, além do maltês, por isso o idioma não tem sido uma barreira, até o momento.

Por enquanto, Stover explora Malta quando não está nas mesas de poker online. Qualquer carreira relacionada ao seu Ph.D. está em espera para o futuro imprevisto e ela deseja fazer algumas viagens pela Europa, a considerar que ela tem uma irmã em Berlim e primos na Suécia.

Por enquanto, a nativa dos Estados Unidos é uma expatriada em Malta, e está muito contente. "Estou feliz por poder jogar poker online onde estou".

*****

Como ilustrado em todas as estórias acima, viagem e poker juntaram-se para formar uma relação simbiótica ao longo da última década.

O jogo começou a tomar sua forma actual em salões, bares e casas há muitos anos atrás e a popularidade do jogo eventualmente se espalhou ao redor do mundo para os casinos. O poker online levou o jogo a um novo nível na virada do século e alcançou milhões de novos jogadores. E o boom do poker de 2003 catapultou o jogo para alturas ainda mais elevadas.

Torneios de poker ao vivo tinham sido relegados para casinos estabelecidos e os clientes frequentadores. Mas foram os satélites de poker online que ofereceram a mais jogadores a oportunidade de competir nos casinos. Os sites online ofereceram aos principiantes de poker localizados em qualquer lugar do mundo a oportunidade de ganhar pacotes de prémios, cortesia de vários sites de poker online, que inclui passagem aérea e alojamento, bem como buy-ins para grandes torneios.

De repente, os jogadores de poker estavam viajando para destinos como Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos; Londres, Inglaterra; Barcelona, Espanha; Viena, Áustria; e Monte Carlo, Mónaco. Organizadores de viagens ofereciam várias opções de poker ao vivo, os jogadores fizeram amizades além das conversas no chat e os casinos ganharam novos clientes. Isto foi considerado como uma conquista para todos.

viagem de poker em malta

Enquanto o poker cresceu exponencialmente na última década, os passeios cresceram também. O World Poker Tour expandiu-se da América do Norte para locais na Europa, eventos como o Aussie Millions tornaram-se excursões e ם World Series of Poker chamou a atenção para destinos de poker relativamente desconhecidos, como a África do Sul.

Ao mesmo tempo, o crescimento do jogo em certas partes do mundo, chamou a atenção o suficiente para justificar os seus próprios circuitos regionais e nacionais. O Russian Poker Tour, o Belgian Poker Challenge, o Asian Poker Tour, o Australia New Zealand Poker Tour e o Italian Poker Tour foram apenas algumas das séries que surgiram a partir da evolução do poker e até mesmo a demanda nos Estados Unidos cresceu para incluir passeios como o Mid-States Poker Tour e o Heartland Poker Tour.

Mais acção ao redor do globo também significou mais oportunidades para os jogadores de competir com mais regularidade em qualquer stake. Viajar para um destino como Berlim, Sydney ou Malta tinha como objectivo a princípio jogar poker, mas também era uma oportunidade para juntar o poker aos passeios das férias.

Locais que a maioria das pessoas apenas tinha ouvido falar através de notícias ou revistas de viagem tornaram-se destinos reais para o poker.

Antes de viajar para jogar poker, melhore suas habilidades ao jogar online. Veja aqui os motivos para jogar connosco.

O poker continua a evoluir. Nos últimos anos têm ocorrido mais mudança no ambiente do poker mundial, já que países como os Estados Unidos proibiram por lei o funcionamento da maioria das grandes empresas de poker online e outros como a França e a Espanha têm opções de poker online limitadas aos operadores licenciados pela regulamentação. Enquanto alguns torneios vão encontrar seu fim como, por exemplo, o de curta duração North American Poker Tour, outros como o World Poker Tour continuam a conquistar novos lugares.

O Japão é parte do crescente mercado asiático no qual sites online querem infiltrar-se e partes da China abriram recentemente suas portas para eventos de poker ao vivo. Houve até mesmo rumores de um torneio de poker na Islândia. Enquanto os jogadores têm de obter um visto para a China, tomar vacinas para a África do Sul e manter o passaporte actualizado para todas as viagens, os profissionais muitas vezes superam os contras quando viajam para torneios.

Claro, a combinação de passagens aéreas e alojamentos em hotéis pode ser cara, especialmente quando combinada com os torneios de buy-ins e outras despesas como comida e transporte. Alguns jogadores de poker optam pelo estilo de vida nômade, mas outros têm encontrado maneiras de fazê-lo economicamente e com habilidade. Eles têm dominado a arte de orçamento e de partilha, encontram as melhores ofertas, sem uma agência de viagens e minimizam as despesas. Eles encontram aparelhos de viagem, alugam um apartamento com geladeira e utilizam sistemas para economizar dinheiro e tornar a viagem possível e com preços acessíveis.

A vontade e a habilidade de acompanhar as oportunidades para jogar o melhor poker é parte de muitas histórias de jogadores de sucesso. Independente se as pessoas escolhem jogar online ou ao vivo como seu hobby ou carreira, a sua disponibilidade para acompanhar o jogo para onde ele vai muitas vezes resulta em algumas das melhores experiências de vida.

Crédito da foto: Imagem de Malta: Magnus Manske, Flickr, CC-BY-SA-2.0 / Imagem da sala de poker - Card Player Cruises. Imagens adicionais fornecidas pelo autor.


Jennifer Newell é uma escritora freelance do mundo do poker desde 2006, quando ela trocou o emprego de contabilidade pelo World Poker Tour para escrever em tempo integral. Ela mudou-se de Los Angeles para Las Vegas e mais recentemente de volta para sua cidade natal St. Louis, onde ela continua a seguir o poker e escrever sobre as pessoas e os locais do jogo.


 

Dear visitors,

Titan Poker does not accept players from your region.

Please contact our customer service team at support [at] titanpoker [dot] com for more information.

Best regards,

Titan Poker